A flacidez pode acontecer tanto na face quanto no corpo, em mulheres ou em homens, e quando ocorre, torna-se um grande incômodo.

Ela acontece quando a pele perde o tônus, e isso pode acontecer por vários motivos, mas os principais são: influência genética, perda de peso importante de forma muito abrupta, com dieta inadequada, ou devido ao processo de envelhecimento.

A flacidez é um processo que acontece naturalmente com o processo de envelhecimento e que se dá pela perda das fibras de colágeno, responsáveis por conferir firmeza a pele. Essas fibras são degradadas a uma velocidade maior do que são produzidas a partir dos 25 anos de idade, e, aos 30 anos, nós deixamos de produzir essa proteína e passamos a degradá-la cada vez mais a cada ano, principalmente nas mulheres, por conta de questões hormonais e, na menopausa, essa degradação ocorre de forma acelerada, fazendo com que haja substituição de músculos por gordura, o que influencia diretamente na qualidade da pele tanto facial quanto corporal.

Esse processo é acelerado quando se tem uma rotina desregrada de saúde, com alimentação hipocalórica, dietas muito restritivas, que faz com que não haja produção de massa magra, que também ajuda a sustentar tecido. Além da dieta irregular, falta de atividade física, levando a atrofia dos músculos, acaba sendo um agente catalizador desse processo.

Com o aumento da demanda de pacientes para rejuvenescimento e com seu desejo de obter melhora da composição corporal sem intervenções invasivas e com o mínimo risco, várias tecnologias de rejuvenescimento não cirúrgico vem surgindo.

Dentre elas, podemos citar:

  • Bioestimuladores de Colágeno, como Sculptra e Radiesse, responsáveis por estimular a produção de colágeno, e tecnologias, como Ultraformer e Fotona.
  • O Ultraformer é uma tecnologia que atua em camadas mais profundas, indo até o subcutâneo, com sua ponteira Macrofocada, atingindo o compartimento de gordura embaixo da pele e também, camadas mais superficiais, como a derme, estimulando a produção de colágeno.
  • O Fotona é um aparelho que trabalha em camadas mais profundas da pele, através da sua ponteira ND YAG, que ativa os fibroblastos na produção de colágeno, e mais superficialmente, através da ponteira Erbium-Yag, aquecendo a pele de forma controlada, levando a uma contração tecidual e consequente estimulo de colágeno na região.

É necessário que seja feita uma avaliação presencial para determinar o número de sessões, e terapias indicadas para cada caso.

AGENDE SUA CONSULTA